Diário de Ourinhos

envie sua pautahoroscopo
Blogueiros

Rodrigo Satis

www.diariodeourinhos.com.br/rodrigosatis
por Rodrigo Satis
mai   20131

A vida é uma cervejaria

Postado em Artigos

Em uma última experiência de entrevista de emprego eu, Rodrigo Satis, me arrisquei na tentativa de testar o grau de abertura que determinada empresa possuía em reconhecer algum tipo de criatividade e inventividade: depois de uma longa conversa em que o entrevistador-chefe achava ter o domínio dos puzzles do questionário, ele me perguntou: “mas em que o senho... (continue lendo)

0comentáriosclique e comente

mai   201315

O mar feminino

Postado em Artigos

Já havia passado do meio dia e como um bom espanhol que não sou, deveria estar com o tempo prometido a minha sesta. Em vez disso estava na rua, sob um sol a pino, andando em direção a alguma rua com nome de literato. Ao me aproximar de uma sombra muito esbelta de uma árvore mais jovem que eu, notei que a senhorinha que andava a minha frente diminuiu lentamen... (continue lendo)

0comentáriosclique e comente

mai   20138

Carpintaria das paixões

Postado em Artigos

“...Odisseu, entrementes, com as mãos fortes o manto de púrpura para a cabeça puxa, encobrindo-a com o fim de esconder as feições majestosas. Envergonhava-se, sim, de que o vissem chorar os Feácios.” Passei os olhos lentamente, pela milésima vez por esse trecho e estremeci. Trata-se da descrição do momento em que o principal herói da “guerra de Tróia” chora... (continue lendo)

0comentáriosclique e comente

mai   201322

Caro amigo Merzki Raskaz!

Postado em Artigos

Um caloroso desejo de que esteja bem e com a vontade de Hércules, seja no Porto, em Berlim ou Lisboa!

Tenho andado naqueles dias em que me calo pelos cantos da casa sem ter palavras que ousassem pular pela boca. Não culpo o tamanho desta habitação pelos ecos desse silêncio. Alias, cá entre nós, os silêncios dos cantos penumbrosos dessa nova moradia ad... (continue lendo)

1comentáriosclique e comente

mai   201329

Peripécias do “mim”

Postado em Artigos

“Me dá um careta!” Exclamou-me o mendigo de meia idade. Minha amiga, professora de português – ou seria de Metafísica? Enfim... - esperando que eu “corrigisse” a fala do mendigo, com os olhos arregalados, observou espantada eu retrucar: “Não fumo amigo, boa sorte!”. Sua fisionomia, de fato, era a de uma mulher enfezada. Pensei, olhando seus olhos azuis, em c... (continue lendo)

1comentáriosclique e comente

12

Diário de Ourinhos